Buscar
  • Afrosan

Enem 2020 tem queda no número de inscritos

Atualizado: 8 de Jul de 2020

O Inep divulgou na tarde desta quinta-feira, 28 de maio, que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 recebeu 6.121.363 inscrições, sendo 6.020.263 para a versão impressa e 101.100 para a versão digital.

De acordo com o Inep, 87% dos inscritos na prova receberam a isenção. O número de participantes deve cair quando os pagamentos forem confirmados.


Menor número de inscritos

O número de inscrições do Enem deste ano foi menor que o do Enem 2019 (6.384.957 inscritos) e, também, o menor registrado desde 2010. Veja a quantidade de inscritos nos últimos anos:

ENEM Inscrições

2020 - 6,1 milhões

2019 - 6,3 milhões

2018 - 6,7 milhões

2017 - 7,6 milhões

2016 - 9,2 milhões

2015 - 8,4 milhões

2014 - 9,4 milhões

2013 - 7,1 milhões

2012 - 6,4 milhões

2011 - 6,2 milhões

2010 - 4,6 milhões


Perfil dos participantes

Também foi divulgado pelo Inep que entre os participantes inscritos neste ano, 65% já concluíram o Ensino Médio. Entre os estudantes que estão no 3º ano a porcentagem é de 23% e os outros 12% são representados pelos treineiros (quem ainda não concluiu e não vai concluir o Ensino Médio este ano).

Dos 23% (1.406.323 inscritos) de estudantes que vão concluir o Ensino Médio este ano, 81,7% são estudantes matriculados em escolas da rede pública.


Enem 2020

  • Novidade: Este ano foi lançado o Enem Digital. O Inep tinha a intenção de aplicar provas por computadores para cerca de 50 mil estudantes, mas ampliou o número de vagas para atender 101.100 estudantes em todo o país. As provas terão o mesmo formato da versão impressa, mas o conteúdo e data de aplicação será diferente.

  • Adiamento das provas: A aplicação do exame era prevista para os dias 1 e 8 de novembro, na versão impressa, e 22 e 29 de novembro, na versão digital. Em consequência da pandeia do coronavírus, as provas foram adiadas e a previsão é que a aplicação seja feita de 30 a 60 dias após o período.

  • Reclamações: Para a inscrição no Enem 2020 o Inep solicitou que o estudante fizesse o envio de uma foto nítida e recente que ajudaria na identificação do dia da prova, porém, os estudantes relataram problemas para fazer o envio durante o período de inscrição e o prazo foi estendido pelo Inep.

  • Senado: Diversos estudantes e órgãos ligados à educação contestaram o cronograma do Enem por conta da suspensão das aulas escolares no país. No dia 19 de maio o Senado aprovou um Projeto de Lei (PL) para a prorrogação de processos seletivos para acesso ao ensino superior, incluindo os vestibulares e o Enem.

  • Cartilha de Redação: No dia 26 de maio o Inep liberou para o público em geral a cartilha seguida pelos avaliadores que corrigem a redação do Enem. Anteriormente, o material era restrito aos corretores. A intenção de liberar o material pela primeira vez é contribuir com estudantes que não estão tendo acesso às aulas no período de pandemia.

  • Enquete: Para definir a nova data de aplicação das provas o Inep realizou em junho uma enquete com os participantes confirmados no Enem 2020. A pesquisa foi divulgada, os participantes escolheram Maio/21, porém o Inep e o Mec ainda não bateram o martelo na data final das provas.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo